A origem Terapia Cognitiva-Comportamental

Por mais que esteja no mercado desde a década de 1960, muitos profissionais da psicologia ainda tem dúvidas sobre o Terapia Cognitiva-Comportamental, conhecida como TCC.

Essa área da psicologia surgiu nos Estados Unidos, como uma forma de tentar tratar pacientes deprimidos. A técnica, que começa com uma avaliação e depois o psicólogo decide uma média de sessões para o tratamento daquele paciente, é diferente por isso: tem uma data para começar e acabar.

Quem criou a TCC foi o psiquiatra Arron T. Beck, que tinha a intenção de corrigir os pensamentos distorcidos e aliviar os sintomas depressivos.

Normalmente são tratamentos breves, mas que tem alta eficácia e bons resultados. Muitos “contratos de tratamento” são feitos para seis meses ou um ano, mas isso não significa que a quantidade de sessões não será diminuída ou estendida.  Tudo vai variar de acordo com desenvolvimento do paciente a partir das sessões.

Como é uma área que está cada vez mais requisitada, o PSICOLOG criou a especialização em Terapia Cognitivo-Comportamental.

As aulas, que começam no dia 26 de outubro, ocorrem mensalmente às sextas-feiras, das 18h30 às 22h30, e aos sábados, das 8h às 17h, mensalmente. O horário de supervisão atende a particularidades do curso.

Todas as informações sobre essa especialização e o link de inscrição para o curso podem ser encontradas no site do PSICOLOG.