Mitos e verdades sobre o suicídio

Por ser um assunto que ainda é considerado um tabu, a maioria das pessoas quase não recebem informações sobre o suicídio e por isso, acabam espalhando mentiras e não conseguem ajudar quem precisa de ajuda. Por isso vamos mostrar alguns mitos que precisam ser desmistificados:

Quem ameaça não faz
Normalmente as pessoas que avisam tentam cometer suicídio sim. Infelizmente.

Se alguém deseja se matar, não há nada que possa ser feito
Apoio e emocional sempre ajuda. Encaminhar para um profissional capacitado ajuda mais ainda. Não são todos os casos, mas a maioria pode ser prevenido.

Quem só fica tentando o suicídio, não vai se matar realmente
Quem já tentou se matar alguma vez pertence ao grupo de maior risco de suicídio.

Uma pessoa que já tentou e não conseguiu está “imune” e não tentará de novo
Uma pessoa que já tentou cometer suicídio uma vez pode tentar várias outras, principalmente se não obtiver ajuda.

Falar sobre suicídio pode encorajá-lo
Ao contrário. Dar oportunidade para alguém desabafar e compartilhar seus maiores medos e sentimentos pode fazer a diferença em favor da vida.

Se uma pessoa já pensou seriamente em se matar, ela será sempre um suicida
Quem deseja tirar a própria vida pode pensar isso por um período limitado de tempo. E é ai que entra o apoio emocional. Ouvir e ajuda sempre poderá evitar que algo aconteça.

Pessoas que se matam não avisam a ninguém
É comum perceber, na maioria dos casos, que a pessoa estava alertando ou pedindo ajuda de alguma forma antes de tentar cometer suicídio.

A melhoria do estado emocional elimina o risco do suicídio
Em boa parte dos casos, os suicídios ocorrem no prazo de até três meses após uma aparente melhora. E o pensamento suicida pode acontecer com qualquer um, estando bem ou mal.

Uma tentativa de suicídio mal sucedida significa que a pessoa não estava realmente determinada a se matar
Uma coisa não tem relação com a outra. A tentativa é o mais importante em ser levado em consideração. Por sorte, naquele caso “mal sucedido” – um alívio para todos – o método utilizado não surtiu o efeito desejado. É uma nova chance de pedir ajuda.

Por esse e outros motivos que é importante discutir sobre o tema. Isso não é brincadeira e muita gente que precisa de ajuda está perdendo sua vida por causa da falta de informação. É necessário conscientizar a todos sobre o suicídio.

OBS: Se você precisa de ajuda, ligue para o Centro de Valorização da Vida pelo telefone 188 ou procure-os na internet. Peça ajuda para a sua família, amigos, em alguma ONG da sua cidade ou onde você se sente confortável em conversar. Você não está sozinho.